Arquiteto americano cria museu para Dalí, em Praga

O arquiteto norte-americano Daniel Libeskind, que assina o projeto da reconstrução da área das torres gêmeas de Nova York, vai projetar um novo museu, em Praga, para abrigar obras do pintor surrealista espanhol Salvador Dalí. Libeskind vai apresentar seu projeto para o museu da capital checa no dia 11 de maio, data do primeiro centenário de nascimento de Dalí, segundo informou o diretor do projeto Miro Smolak.O museu deverá custar US$ 15,7 milhões e vai exibir entre mil e 1,5 mil quadros do pintor, emprestados de coleções da Espanha, França e Alemanha. O museu deverá ficar pronto em 2007 caso seja aprovado pelas autoridades checas. As instalações incluem um salão de exposições de arte contemporânea, um restaurante, apartamentos para os artistas visitantes e um teatro, disse Smolak. O projeto será financiado por investidores privados da República Checa e da Espanha.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2004 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.