Armani volta aos anos 1930 para desenhar coleção de mobília

Giorgio Armani voltou aos anos 1930 paracriar sua mais recente coleção de mobília, na qual mesas, sofáse camas apareceram em ambientes que lembravam os sets defilmagens da era dourada de Hollywood. A linha "Armani Casa" permaneceu fiel ao estilo minimalistado designer italiano, com uma abordagem tipicamente linear ecores clássicas. Conhecido por suas criações discretas, Armani, 73 anos,disse que se inspirou no trabalho de Eileen Gray, cuja poltronaarredondada Bibendum foi um dos objetos de design mais famososdo século 20. "Há tantas pessoas sedentas por coisas belas!", disse elena abertura do Salão da Mobília de Milão. Ébano ou madeira laqueada ganhou destaque entre os objetosexpostos, e alguns dos móveis tinham acabamento pretopregueado. As salas estavam repletas de biombos. "Fiz um pouco de cor algumas temporadas atrás e nãoconsegui vender uma única almofada colorida", disse ele. Uma mesa tinha três pés, e um divã era recoberto de veludonegro. Os abajures eram retangulares ou de formatos simples, eas cadeiras variavam entre geométricas e outras mais curvas. Armani também apresentou uma TV que desenhou para asul-coreana Samsung Electronics. O designer já fez parceria coma Samsung num celular, lançado em setembro, e outroseletrônicos. A TV de tela LCD vem com controle remoto estiloso e umbotão de liga-desliga iluminado que customiza os logotiposArmani e Samsung. Na quarta-feira, a tela exibia reprises dedesfiles de moda. A Armani Casa, que no ano passado faturou 38 milhões deeuros, tem lojas em 45 países. Este ano a empresa pretendeabrir outros 15 pontos de venda em várias partes do mundo,incluindo Pequim, Kuala Lumpur, Nova Délhi, Bahrein e Belgrado. Armani pretende também abrir hotéis em Milão, no final de2010, e Abu Dhabi, no final de 2009 ou início de 2010. Entre outras grifes que exibiram criações para casasdurante o Salão, aberto entre 16 e 21 de abril, estava aVersace, que no mês passado apresentou interiores parahelicópteros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.