Armani diz que primeiro-ministro da Itália deveria usar gravata

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, parece muito informal e deveria usar gravata, disse na segunda-feira o estilista Giorgio Armani.

REUTERS

23 Junho 2014 | 16h34

O designer italiano disse que Renzi, que aos 39 anos é o mais jovem primeiro-ministro do país, tem feito um bom trabalho desde que assumiu o cargo em fevereiro, ajudando a promover uma mudança de geração na política italiana.

"De prefeito de Florença, de repente, ele teve que aprender a ser o primeiro-ministro, ele tem sido muito bom", disse Armani, de 79 anos.

No entanto, ele disse que o hábito de Renzi de usar uma camisa branca aberta no colarinho era inapropriado para estar ao lado de outros líderes, formalmente vestidos.

"Eu usaria uma gravata", acrescentou Armani, apontando para o exemplo do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. "Uma camisa com gravata dá um toque sexy."

(Reportagem de Valentina Za)

Mais conteúdo sobre:
GENTE ARMANI RENZI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.