Ariano Suassuna revela seu talento de artista plástico

Dramaturgo, ensaísta, romancista, professor, fundador do Movimento Armorial - que revela o erudito na arte regional -, Ariano Suassuna, de 76 anos, também é artista plástico. Este seu aspecto criativo, pouco conhecido dopúblico, pode ser conferido na exposição de 20 iluminogravurascriadas nos anos 80 e 90, aberta ontem ao público e em cartaz atéo dia 12. Modesto, ele avisa ser um amador, um escritor que "poracaso" ilustra sua obra. "No meu caso, as artes plásticas sãoresultado da fonte literária", afirma. "O desenho não tem vidaprópria, nasce da imagem literária, tem papel subsidiário emrelação à literatura." Nas iluminogravuras, o desenho ilustrasonetos e mostra o seu lado poeta. "Minha poesia é poucoconhecida, mas sempre a pratiquei e considero a poesia a fonteprofunda de tudo o que escrevo."O amor pela poesia e a paixão pelas artes plásticasgeraram a iluminogravura, expressão criada por ele e quesignifica a fusão das palavras iluminura e gravura. "Na tradiçãoda arte medieval, as chamadas iluminuras eram obras feitasnormalmente nos mosteiros e conventos, por frades, muitas delastendo como assunto o Apocalipse", explica Suassuna. "Os fradesfaziam as gravuras e juntavam aos textos apocalípticos, o queera chamado iluminura." Ele resolveu fazer o mesmo usando aforma da gravura moderna. As obras expostas pertencem aos acervos do Instituto Maximiano Campos e do advogado pernambucano José PauloCavalcanti e formam duas séries de dez trabalhos cada uma,intituladas Sonetos com Mote Alheio e Sonetos de AlbanoCervonegro. Patrocinada pela companhia estadual de eletrificação (Celpe), a exposição ocupa a sede da empresa.Múltiplo - Quando jovem, Suassuna disse ter "catucado"em mais de uma árvore - a da música, a da escultura, a dapintura. "Depois dos 20 anos, descobri que não estava naRenascença, quando o papa sustentava o artista, que podiapraticar duas ou três artes", observa. A literatura prevaleceu."Mas nunca deixei de desenhar."

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2003 | 10h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.