Ariano Suassuna para o Nobel

O requerimento do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) para que o Brasil indique o escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna como candidato para o Prêmio Nobel de Literatura foi aprovado anteontem pela Comissão de Relações Exteriores. Nascido em João Pessoa, em 1927, Suassuna é autor de obras como Auto da Compadecida e A Pedra do Reino. Foi ainda fundador, na década de 1970, no Recife, do Movimento Armorial, dedicado às expressões populares da cultura brasileira. O senador Cunha Lima defendeu que os livros do escritor já foram traduzidos para o inglês, francês, italiano, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês.

O Estado de S.Paulo

26 Maio 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.