AFP PHOTO / FILES / VALERIE MACON E FREDERIC J. BROWN
AFP PHOTO / FILES / VALERIE MACON E FREDERIC J. BROWN

Aretha Franklin e Juanes cantarão para o Papa na Filadélfia

Festival será apresentado pelo ator Mark Wahlberg

AFP

14 de setembro de 2015 | 20h06

A rainha americana do soul, Aretha Franklin, o colombiano Juanes e outros artistas cantarão para o papa Francisco na Filadélfia (leste dos EUA) em 26 de setembro, durante o Encontro Mundial de Famílias Católicas, anunciaram nesta segunda-feira, 14, os organizadores.

"É uma verdadeira benção cantar na presença de sua santidade", assegurou em um comunicado Aretha Franklin, de 73 anos, vencedora de 18 prêmios Grammy.

Filha de um pastor batista de Detroit (norte), a cantora ficou famosa por temas religiosos. Seu primeiro álbum, "Songs of Faith" (1956), foi gravado na igreja de seu pai quando ela tinha 14 anos.

O cantor e compositor Juan Esteban Aristizábal (Juanes) declarou em sua conta do Twitter que está "profundamente honrado pelo convite de cantar para o papa Francisco". Autor de sucessos, como "A Dios le pido", insinuou que esta poderá ser a canção que interpretará diante do pontífice.

O festival será apresentado pelo ator Mark Wahlberg, um ex-delinquente nascido em uma família católica, que depois se dedicou à música e ao cinema e interpretou, entre outros, um ator pornográfico no filme "Boogie Nights".

"Como católico, atribuo meu sucesso à minha fé", declarou Mark Wahlberg, que se diz "honrado" de poder receber o papa na Filadélfia.

O grupo americano de rock The Fray, de Denver (Colorado, oeste), também vai se apresentar.

No que se refere à parte clássica do festival, atuarão um habitué do Vaticano, o tenor italiano Andrea Bocelli, e a orquestra da Filadélfia, regida pelo canadense Yannick Nezet-Seguin.

O festival ocorrerá na Benjamin Franklin Parkway, a grande avenida que atravessa a cidade. Espera-se que a presença de 1 a 2 milhões de pessoas para a missa que o papa celebrará.

O papa chegará em 22 de setembro a Washington, onde se reunirá com o presidente Barack Obama e pronunciará um discurso no Congresso.

No dia 25, ele discursará na sede da ONU e depois irá para uma cerimônia ecumênica no lugar dos atentados do World Trade Center. Estará durante os dias 26 e 27 na Filadélfia.

Mais conteúdo sobre:
Papa FranciscoAretha Franklin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.