Aline Macedo
Aline Macedo
Imagem João Wady Cury
Colunista
João Wady Cury
Palco, plateia e coxia
Conteúdo Exclusivo para Assinante

ArCênico: Raro Nelson estreia no Rio

Encenação é da diretora Inez Viana, da Cia OmondÉ

João Wady Cury, O Estado de S.Paulo

31 Maio 2018 | 02h00

Primeiro romance em que assina seu nome, A Mentira, de Nelson Rodrigues, chega ao palco do teatro Gláucio Gill, no Rio, em 15 de junho. A encenação é da diretora Inez Viana, da Cia OmondÉ. “Todas as obsessões de Nelson estão no texto”, diz. “Daí quase não precisar de adaptação para o palco. No elenco Leonardo Brício e a própria Inez Viana, revezando-se com Denise Stutz como protagonistas.

SUZANA É NELSON

Até então Nelson Rodrigues assinava seus romances em forma de folhetim com o pseudônimo de Suzana Flag, como fez em Escravas do Amor e Núpcias de Fogo. Escrito em 1953 para o semanário Flan, A Mentira ficou 50 anos no limbo até que o teatrólogo e diretor Caco Coelho organizou sua republicação em 2003. E foi ele mesmo o responsável por uma das poucas montagens profissionais do texto, em 2006, no salão nobre do Fluminense, time do coração de Nelson. No elenco Denise Del Vecchio e Nuno Leal Maia.

ANDY KAUFMAN CHEGOU

Os atores Gero Camilo e Victor Mendes passaram o último ano debruçados na história do ator e comediante americano Andy Kaufman, morto aos 35 de câncer de pulmão. A peça, escrita por ambos, chega ao palco do Sesc Santana em 23 de junho. Victor é Andy e Gero a cadela russa Laika.

ZÉCELSO DA GALERA

Diretor do Oficina, José Celso Martinez Correa fala ao público sobre a atualidade do teatro fundado por ele em 1958 (60 anos). Gratuito, o encontro será dia 6, às 19 horas, no Sesc Vila Mariana.

DRAMATURGIA DEMAIS

Já estão à venda os ingressos para o evento Dramaturgias, agora em junho, um dos principais encontros na área em muitos anos com mais de 50 profissionais de teatro. Como autoras e autores não nascem prontos - ok, ok, há exceções, óbvio -, a maioria precisa pegar no pesado. A ideia é criar uma teia de conhecimento, aprendizado e experimentação no próximo mês com ateliês e imersões que resultarão em novos textos - numa das imersões a proposta é os alunos fazerem seis horas de trabalho com cada autor, Kiko Marques, Claudia Schapira e Roberto Alvim. Ingressos no site do Sesc Ipiranga, link Dramaturgias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.