Araquém Alcântara lança novo livro de fotografias em SP

Para explicar como é o novo livro do fotógrafo Araquém Alcântara, é preciso usar a máxima-clichê da fotografia, que diz que uma imagem vale mais do que mil palavras. Conhecido por seu trabalho de documentação sistemática da natureza, o autor, que já lançou outros 42 livros, todos com temas definidos, agora abre mão do método para contar uma história somente com imagens feitas por ele em diversos lugares do Brasil. Ao todo, são 82 fotografias em preto e branco, onde a luz e seus reflexos resultam em deslumbrantes paisagens. A obra será lançada hoje, a partir das 19h, na Livraria da Vila, e terá a presença do autor.

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2010 | 11h33

"A fotografia é, para mim, o caminho do autoconhecimento", explica Alcântara. "Sou um fotógrafo viajante e esse livro demonstra minha maturidade profissional. É uma obra com o máximo de informação e com o mínimo de palavras". O título do livro já indica o que esperar. Ele foi batizado apenas de Araquém Alcântara: Fotografias e reúne instantes de histórias da vida no Brasil. "A primeira fotografia é o amanhecer na selva, com suas brumas, no Paraná", diz o fotógrafo. Em seguida, surpreende a imagem de um cavalo acordando, em Minas Gerais. "Depois, num cenário da zona rural de Caraguatatuba (litoral de São Paulo), é um homem que desperta", conta ele.

Nessa sequência de imagens - sem nenhuma legenda, a não ser a indicação do local onde a foto foi feita -, é fácil imaginar várias histórias enquanto o dia avança nos registros. Há fotografias do homem trabalhando no campo e laçando bois no Pará, da pesca no rio Amazonas, de uma partida de golfe em São Paulo, de uma paisagem idílica no Rio Grande do Norte e também de uma menina brincando com um bicho preguiça, no Acre, e assim por diante. Em comum, belos percursos de luz.

"Todas as minhas obras têm uma carga política e social muito grande. Faço um trabalho de denúncia. Nesse livro, excepcionalmente, isso não acontece. Foquei em fazer um trabalho limpo, despojado, com técnicas modernas de impressão e excelente qualidade de papel", explica Alcântara. "Tive uma sensação de libertação, porque, depois de mais de 25 anos de carreira, me sentia engessado num nicho como fotógrafo de natureza".

A curadoria da obra é de Eder Chiodetto, que selecionou as 82 fotografias de um total de duas mil imagens. O projeto gráfico ficou por conta de Victor Burton. "Eder me disse que escolheu fotografias onde é possível perceber os caminhos da luz", diz Alcântara. Junto com o livro, Araquém Alcântara lança a reedição do livro TerraBrasil, lançado originalmente em 1998. O livro vendeu mais de 82 mil exemplares nas 11 edições anteriores e é uma das obras de fotografia mais vendidas no Brasil. As informações são do Jornal da Tarde.

Araquém Alcântara: Fotografias - Lançamento do livro. Hoje, a partir das 19h. Livraria da Vila (Alameda Lorena, 1731, Jardins). Tel. (011) 3062-1063.

Tudo o que sabemos sobre:
fotografialivroAraquém Alcântara

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.