Apresentadora rasga script em protesto contra Paris Hilton

Mika Brzezinski acha errado ter de priorizar notícia de que socialite deixa prisão

Agencia Estado

02 de julho de 2007 | 08h52

A co-apresentadora do programa Morning Joe, da MSNBC, Mika Brzezinski, tentou queimar seu roteiro ao vivo na televisão em um protesto por ter sido obrigada a iniciar seu boletim com uma notícia sobre a socialite Paris Hilton. Mika se recusou a ler a nota sobre a libertação de Paris antes de notícias sobre a Guerra do Iraque. "Eu odeio isto e eu não acho que deveria ser nossa principal notícia", disse ela, antes de rasgar o roteiro e tentar atear fogo a ele.Durante todo o noticiário, ela se recusou a ler a notícia em seu roteiro, que acabou jogando na máquina de fragmentar papel. "Eu simplesmente não acredito na cobertura deste evento, pelo menos não como principal notícia no programa, quando nós temos um dia como hoje", afirmou.Os co-apresentadores e produtores do programa continuaram a provocar Mika ao exibir imagens de Paris Hilton deixando a prisão, enquanto ela punha as mãos na cabeça.A versão editada de Brzezinski fazendo o seu protesto teve mais de 250 mil acessos no website de vídeos YouTube. Paris Hilton, de 26 anos, disse no programa de entrevistas Larry King Live na emissora de televisão CNN que, após a "experiência traumática" na prisão, quer ajudar ex-presidiários e trabalhar para organizações beneficentes, enfatizando que ir a festas não será mais a principal atividade de sua vida.Paris, herdeira da rede de hotéis, cumpriu três semanas de pena em uma prisão em Los Angeles por não respeitar sua liberdade condicional e dirigir sem licença. Ela deixou a prisão na última terça-feira, rodeada por fotógrafos, jornalistas e fãs.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoHilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.