Apresentador Ratinho perde recurso na Justiça

O SBT e o apresentador Carlos Massa, o Ratinho, foram mais uma vez derrotados na Justiça pelo empresário do setor náutico José Carlos Fragoso Pires. Ratinho e o SBT recorreram de uma decisão anterior que determinava um pagamento ao empresário de R$ 200 mil em indenização por danos morais. Mas o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde corre o processo, rejeitou o recurso e manteve a condenação. Ainda cabe recurso à última instância. Segundo o site do Tribunal de Justiça do Rio, o recurso de Ratinho foi negado por unanimidade. José Carlos Fragoso Pires processa o apresentador e a emissora por causa de um programa apresentado no dia 4 de setembro de 2000. O apresentador ?ofendeu, injuriou e difamou? Fragoso Pires em seu programa, segundo o TJ, tendo como base reportagem da revista Época publicada no mesmo dia, que acusa o armador de ter dívidas com o setor público estimadas em US$ 500 milhões.Ratinho acusou Fragoso Pires de ter usado dinheiro do BNDES para comprar uma empresa sem retornar o valor aos cofres públicos. O desembargador que relatou o processo afirmou que o SBT não apurou os fatos antes de apresentá-los no programa, e criticou o empresário sem ter provas das acusações.Procurado pelo Estado, o advogado de Fragoso Pires, Alexandre Sigmaringa Seixas, não havia retornado as ligações até o final do dia. A Assessoria de Imprensa do SBT informou que ainda cabe recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas não afirmou se a emissora vai mesmo recorrer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.