Apresentador brinca com Clooney, Jolie e Cheney

O comediante Jon Stewart, apresentador da cerimônia do Oscar deste ano, brincou com a atriz Angelina Jolie, ao dizer que, das "centenas de milhões" de pessoas que estão assistindo à cerimônia, metade está em vias de ser adotada por Jolie, conhecida por adotar crianças de países pobres. Ele também brincou com George Clooney, citando as três indicações do ator neste ano e advertindo-o: "Pare com isso!". Ao se referir a Steven Spielberg, Stewart citou "A Lista de Schindler" e "Munique" e disse: "Nós judeus nos perguntamos... O que você vai fazer com a gente em seguida?"Stewart tirou risos da platéia ao dizer que a cantora Bjork - que já apareceu vestida como um cisne - não pôde comparecer à cerimônia porque o vice-presidente dos EUA, Dick Cheney, "atirou nela". Recentemente, Cheney feriu um amigo durante um acidente durante uma caçada ao pato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.