Após SP e BH, mostra de Caravaggio chega a Brasília

O Salão Leste do Palácio do Planalto, em Brasília, foi estruturado com novas condições de climatização e iluminação para receber seis obras do italiano Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571-1610), que estão atualmente na América do Sul por conta das exposições itinerantes do artista no continente. Nesta sexta-feira, a partir das 11 h, a exposição será aberta para convidados, com a presença da presidente Dilma Rousseff e do embaixador da Itália no Brasil Gerardo La Francesca, responsável pela iniciativa de fazer a exibição em Brasília antes que as obras de Caravaggio seguissem para Buenos Aires, onde serão exibidas a partir do dia 25. Depois, entre sábado e o dia 14, o público da capital federal poderá ver o conjunto de pinturas do artista considerado um dos mestres do chiaroscuro do século 17.

AE, Agência Estado

05 Outubro 2012 | 11h17

Na Casa Fiat de Cultura de Belo Horizonte e no Masp, em São Paulo, a mostra "Caravaggio e Seus Seguidores" foi vista por 271 mil pessoas. Em Brasília estarão apenas as obras do mestre, sua "Medusa Murtola", como ainda "Retrato do Cardeal"; "São Januário Degolado"; "São Jerônimo Que Escreve"; "São Francisco em Meditação"; e "São João Batista Que Alimenta o Cordeiro". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre:
exposição Caravaggio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.