Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Após seis anos, Marília Gabriela faz novo show em SP

Músicas que ela gosta de cantar. Esse foi o critério para escolher o repertório de seu segundo show

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2010 | 10h33

Músicas que ela gosta de cantar. Esse foi o critério da jornalista, atriz e cantora Marília Gabriela, 62 anos, para escolher o repertório de seu segundo show, "Incoerente", realizado em apresentação única hoje, às 22h, no Bourbon Street Music Club, em Moema. Misturando jazz, bossa nova e pop, Marília subirá ao palco para apresentar versões de canções como "Boneca Cobiçada" (de Palmeira e Biá), "Eu e a Brisa" (Johnny Alf), e "Cry me a River" (Arthur Hamilton), entre outras, com arranjos feitos pelo maestro Ruriá Duprat.

À frente de três programas de entrevista em canais diferentes ("De frente com Gabi", no SBT, "Marília Gabriela Entrevista", no GNT, e "Roda Viva", na TV Cultura), Marília aprendeu a cantar e a tocar piano quando criança, estimulada pelo pai, que achava essencial que qualquer pessoa tivesse conhecimentos sobre música, e diz que considera o canto um hobby, mesmo já tendo lançado três discos como cantora: "Marília Gabriela", 1982; "Marília Gabriela", 1984; e "Perdida de Amor", 2002 - e realizado um show (em 2004, no Mistura Fina, Rio de Janeiro).

O responsável pela volta de Marília aos palcos, seis anos depois de sua última apresentação, é o diretor do Bourbon Street, o empresário Edgard Radesca. Ele precisou de muita lábia para convencê-la. "Meu show no Mistura Fina deu muito certo. Desde aquela época, o Edgard vem me convidando sistematicamente pra cantar no Bourbon", conta Marília Gabriela, que não aceitou o convite antes por causa de seus compromissos de trabalho.

Até que, em novembro do ano passado, ela foi assistir a um show do fadista Antonio Zambujo, no Bourbon, e o dono do lugar fez outro convite à jornalista. "Daí, eu resolvi aceitar. E prometi a ele que faríamos o show este ano". Dona de uma imagem de mulher forte e inabalável, ela revela que sentiu um certo medo ao aceitar o convite. "Tive um medinho. E fui discutir no analista porque medo não costuma fazer parte do meu repertório", conta.

Com ou sem medo, o fato é que hoje à noite ela estará cantando no palco do Bourbon Street, que já recebeu alguns dos maiores nomes do jazz mundial como John Pizzarelli, BB King, T.M. Stevens e Mike Stern. E tudo indica que, em breve, ela voltará a exibir seus dotes de cantora. É que Marília Gabriela já recebeu uma proposta de transformar este seu novo show em DVD. Mas ela preferiu adiar a ideia. "Acho que gravar um DVD agora, depois de ter passado seis anos sem me apresentar, seria demais. Mas, depois, mais pra frente, quem sabe", finaliza. As informações são do Jornal da Tarde.

Marília Gabriela - Hoje, às 22h. Bourbon Street Music Club (Rua dos Chanés, 127, Moema). Tel. (011) 5096-6100. Entrada: R$ 120. 18 anos. 400 lugares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.