Após o susto, Norton agradece "mãozinha de Deus"

"Tenho certeza de que cada um aqui teve uma mãozinha de Deus para me manter vivo naquelas máquinas." Foi assim que o ator Norton Nascimento, de 41 anos, agradeceu à equipe médica responsável pelo transplante de coração a que ele foi submetido, no Hospital da Beneficência Portuguesa, na Zona Sul, no dia 19 de dezembro. As declarações de Nascimento foram ao ar ontem no Jornal Nacional, da Rede Globo, durante a sua primeira aparição na TV após a cirurgia.Emocionado, o ator agradeceu a todos que "oraram, mentalizaram e lhe mandaram energia" durante o período em que esteve internado. Nascimento também agradeceu a família do médico Ricardo Veiga, doador do coração. "À família do Ricardo, a gente vai se abraçar. Vocês são pessoas muito especiais. Não porque o coração está pulsando aqui dentro, porque eu estou vivo. Mas pela consciência que vocês têm. Nós vamos dividir uma santa ceia juntos."O ator disse ainda que conseguiu forças para superar o grave problema de saúde após sua conversão à religião evangélica. "Muitas pessoas devem imaginar: onde é que foram arrumar essa força para o Norton? Esta força foi arrumada antes da cirurgia. Esta força foi arrumada na minha conversão. Obrigado ao corpo-igreja." Nascimento foi internado na Beneficência Portuguesa no dia 15, depois de sofrer um aneurisma da aorta, a principal veia do coração. Sua única chance de sobreviver seria um transplante. No dia 19, ele recebeu o coração do médico Ricardo, que sofreu um acidente no Rio e teve morte cerebral. Veiga tinha a mesma idade do ator, o mesmo tipo sanguíneo - O negativo -, a mesma altura e o mesmo peso - 1,90 m e 90 quilos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.