AP
AP

Após ameaças de morte, Halle Berry pretende viver na França

Atriz estaria sendo intimidada por dois homens com problemas mentais

EFE,

10 de fevereiro de 2012 | 16h05

LOS ANGELES - Após ter recebido algumas ameaças de morte, a atriz Halle Berry solicitou ao juiz designado para decidir sobre a custódia de sua filha Nahla que lhe permita viver na França com a menina, informou nesta quinta-feira o site TMZ.

Halle Berry, de 45 anos, mantém atualmente uma relação sentimental com o ator francês Olivier Martínez, com quem, segundo o TMZ, pretende casar-se, razão pela qual teria escolhido a França como destino.

A atriz vencedora de um Oscar por A Última Ceia (2001) assegurou aos tribunais que acredita estar correndo sério perigo, especialmente depois de Robert Hoskins, um homem com problemas mentais, ter dito que pretende "cortar-lhe pescoço".

Hoskins, que no passado já fez as mesmas ameaças à cantora Madonna, fugiu de uma instituição psiquiátrica na semana passada.

Além de Hoskins, outro homem que fez ameaças a Halle Berry e até chegou a invadir uma propriedade da atriz, saiu recentemente da prisão.

O ex-marido da atriz, Gabriel Aubry, se opõe à ideia de deixar sua filha morar na França, mas Halle Berry avalia que Aubry coloca a menina de apenas 3 anos em risco ao expô-la aos paparazzi quase diariamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Halle BerryFrançaA Última Ceia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.