Após 60 anos, tela de Picasso é exposta e vai a leilão

Uma obra de Picasso que não era exposta há 60 anos irá a leilão no próximo mês. A expectativa da casa de leilão Christie´s é de que o quadro Nu au Collier, apresentado hoje, seja arrematado por cerca de US$ 13 milhões. "Acredito que será o ponto alto das vendas de arte impressionista", prevê a assessora da Christie´s Alexandra Kindermann. Nu au Collier foi pintado em 1932. Trata-se de um retrato da então amante do artista, Marie-Therese Walters, aos 22 anos, auge do romance dos dois. Picasso havia conhecido Marie-Therese cinco anos antes, nas ruas de Paris. Conta-se que ele a chamou e se apresentou: "Sou Picasso. Eu e você vamos muitas coisas juntos". Conforme Alexandra, o quadro está sendo vendido por um colecionador europeu que não quer se identificar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.