Aplique de cabelo leva empresa a processar Paris Hilton

Muita gente já acordou com o cabelo ruim, mas perder 35 milhões de dólares por causa disso? Nem mesmo Paris Hilton está disposta a tal prejuízo.

REUTERS

13 de agosto de 2010 | 11h06

Advogadas da socialite disseram na quinta-feira que vão explorar "todas as nossas defesas vigorosamente e potenciais reivindicações de indenização" contra uma empresa que processou Paris, pleiteando 35 milhões de dólares pela violação de um contrato que a obrigava a usar apliques capilares dessa companhia, a Hairtech International, com sede em Beverly Hills.

A empresa moveu a ação na própria quinta-feira, alegando que Paris, herdeira da cadeia de hotéis Hilton, rompeu em 2008 um contrato ao usar um aplique de uma concorrente.

A Hairtech também acusou Paris de faltar a uma festa de lançamento da empresa em 2007 por estar na cadeia, e que isso causou prejuízos de 6,6 milhões de dólares à companhia, segundo relatos da imprensa.

A Hairtech não quis se manifestar.

(Reportagem de Carolina Madrid)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEPARISCABELO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.