Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Apenas 4% do País vê TV por demanda

Novela mexicana em HD, quem quer? O SBT e a Televisa assinaram contrato que dá à rede brasileira direitos exclusivos de exibição no Brasil sobre todas as produções, incluindo as mais recentes, da rede mexicana.

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

13 de março de 2014 | 02h11

Enviados especiais de Silvio Santos, Murilo Fraga e Fernando Pelejo se encontraram ontem com representantes da Televisa, durante o RioContentMarket, para afinar detalhes do acordo, que vai de 2015 a 2019. Um dos pontos em aberto diz respeito aos direitos do SBT para produzir aqui versões de folhetins de lá.

Brasil Potência Paraolímpica é série de documentários em 13 episódios que enaltece a história de vida de 13 atletas que se destacaram na última Olimpíada Paraolímpica, na qual o Brasil chegou a uma honrosa 7.ª posição no ranking de medalhas. A produção é da Boutique Filmes com a Sala 12, que negociam a exibição do título com canais de TV.

Derivada de Chicago Fire, a série Chicago P.D. estreia em maio no canal Universal, com produção do criador de Law & Order, Dick Wolf, e Jason Beghe (de Californication) como protagonista. A estreia nos EUA foi vista por 8,6 milhões de pessoas (de 18 a 49 anos).

Texto de Clarice Lispector sob pseudônimo e que foi série do Fantástico recentemente, Correio Feminino logo sairá em DVD, junto com Alexandre e Outros Heróis, de Graciliano Ramos. Ambas trazem a assinatura de Luiz Fernando Carvalho.

Como extra do DVD de Alexandre, a Globo Marcas juntará outros especiais dirigidos por Carvalho com base na literatura nordestina - como A Farsa da Boa Preguiça e Uma Mulher Vestida de Sol, ambos de Ariano Suassuna.

Arnaldo Antunes assina a música de abertura de Gemini 8, animação da TV Pinguim em produção para o Disney Channel.

Roberto D'Ávila, o homem das conexões, está de volta, agora pela GloboNews. Sem fugir ao padrão das entrevistas que comandava na TVE, o jornalista estreia no dia 22

e já tem, na lista de sabatinados, alguns nomes internacionais.

Estudo inédito sobre o consumo de conteúdo de TV indica que apenas 4% da população brasileira assiste à televisão por demanda, via streaming ou serviços da TV paga. Outros 4% de brasileiros assistem a programas previamente gravados via DVR, outro recurso oferecido por operadoras de TV. Os dados são só uma parte da pesquisa apresentada ontem pelo CEO do Ibope Media, Orlando Lopes, durante a RioContentMarket, feira de audiovisual que acaba amanhã, no Rio. Tem mais: 6 milhões de pessoas hoje acessam a internet enquanto veem TV, e 30% delas admitem trocar de canal motivadas por comentários online.

Eu voltei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.