APCA: primeira premiação aconteceu em 73

No início era a Associação Paulistade Críticos Teatrais (APCT), criada nos anos 50. Foi dela quesurgiu, como sucessora, em 1972, a Associação Paulista deCríticos de Artes (APCA). Uma reforma do estatuto ampliou a basede atuação da entidade e incorporou críticos ligados a outrasformas de manifestação artística. Eles estabeleceram o teto dedez categorias para ser contempladas. A primeira premiaçãoocorreu em maio de 1973. Desde então, o ritual repete-seanualmente. Esta é a edição de número 30 do prêmio da APCA.Ao longo deste tempo todo, a entidade adquiriu respeitabilidade,pelo rigor e responsabilidade com que são atribuídos seusprêmios. Mas não é fácil para a APCA fazer sua festa depremiação. "É sempre difícil arranjar patrocinadores, mas nuncafoi tão difícil quanto este ano. Até duas semanas atrás, nãotínhamos certeza de poder fazer algo; tínhamos a verba contadapara os prêmios e só", diz o presidente, o crítico de cinemaLuiz Carlos Merten, do Estado.Quase em cima da hora surgiram os patrocínios. O Canal Multishow, da GloboSat, Sabor Del Picchia Buffet, Mistral e Terroir tornaram possível arealização do coquetel, após a premiação. A Editora GráficaRaiz responsabilizou-se pelo programa e pelos diplomas dapremiação. E a festa não seria possível sem o apoio daPrefeitura Municipal de São Paulo, Secretaria Municipal deCultura, Theatro Municipal de São Paulo e Coffee Studio. Esseúltimo encampou toda a parte de convites para a festa. Ospremiados que ainda não têm o seu podem ligar para (11)3666-1234.Pontes - Por mais prazerosa que seja a atividade depremiar os melhores, a APCA não quer ser conhecida somente porisso. A entidade sempre se preocupou com o aprimoramentocultural de seus críticos, que precisa ter qualificação para oexercício da profissão. Sem essa qualificação, o prêmio nãoteria a credibilidade de que dispõe. Mas a APCA também sepreocupa em estabelecer pontes com a classe artística e aprópria sociedade.No ano passado, realizou, em parceria com o CentroCultural Banco do Brasil, um seminário intitulado Crítica daCrítica. Por meio de painéis reunindo críticos e artistas, aAPCA estimulou o debate sobre as duas pontas da criação. Aexpectativa é prosseguir com a parceria com o CCBB para realizarnovo seminário este ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.