APCA faz a festa dos melhores de 2001

Rodrigo Santoro e Débora Dubocvestem-se de gala e sobem ao palco do Teatro Municipal de SãoPaulo para apresentar na noite desta terça-feira a festa depremiação da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA). Osmelhores de dez categorias artísticas - visuais, cinema, dança,literatura, música erudita, música popular, rádio, teatro,teatro infantil e televisão - foram escolhidos em dezembro pelocolegiado da APCA. Hoje, os vencedores recbem o troféu-esculturacriado pelo artista plástico Francisco Brennand.São 70 premiados, sete em cada categoria. Representam oque de melhor a arte brasileira produziu no ano passado.Presidente da entidade, o crítico Luiz Carlos Merten, do jornalO Estado de S.Paulo, explica: "Nosso objetivo é incentivar acriação artística, desta maneira contribuindo não só para ocrescimento do artista como indivíduo, mas também para oaprimoramento cultural do brasileiro."O presidente também destaca: "Esta é a 30.ª edição doprêmio da APCA." Embora a história da associação seja anterior- as suas origens pelo menos -, a primeira premiação da APCA,com este nome, foi em maio de 1973. Desde então, repete-se esseritual, todos os anos. Os críticos escolhem, a APCA premia.São 50 críticos em atividade em São Paulo. Concedem oprêmio que desfruta de toda a credibilidade da classe artística.Existem outros que dão dinheiro. A APCA, entidade sem finslucrativos, não tem condições de somar ao troféu uma quantia emdinheiro. Nem por isso os artistas deixam de considerar apremiação uma honraria. Os prêmios deste ano privilegiam Bichode Sete Cabeças no cinema, Brava Gente Brasileira natelevisão, Cássia Eller na música popular. O prêmio para Cássiatornou-se póstumo, mas não era, quando ela foi escolhida. Suamorte ocorreu depois.Já é tradição: todos os anos, dois premiados sãoescolhidos para formar o casal de apresentadores. O apresentadorRodrigo Santoro foi o melhor ator, por sua criação como Neto emBicho de Sete Cabeças. Rodrigo estava até hoje em LosAngeles. Voltou ao Brasil especialmente para a festa de hoje.Sua leading lady será Débora Duboc, a atriz de Latitude Zero- em exibição nos cinemas de São Paulo -, que acumula prêmios daAPCA por sua atividade no palco, em peças como SenhoritaElse e O Homem das Galochas. No intervalo das premiações,haverá uma apresentação especial do Balé da Cidade de São Paulo,com o duo LAC, de Sandro Borelli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.