Aos 94, Dercy tira a roupa em ensaio da "Penthouse"

Glamourosa e nua. É assim que a atriz Dercy Gonçalves, 94 anos, vai aparecer nas páginas da revista masculina Penthouse. As fotos terão como cenário a piscina do hotel Copacabana Palace, no Rio. A artista sugeriu outro local para o ensaio fotográfico: o túmulo de 100 metros quadrados que construiu em Santa Maria Madalena, sua cidade natal, na região serrana do Estado do Rio.Ainda não está definido se as fotos serão para a edição do próximo mês ou de maio. "Adoraria ser fotografada no meu túmulo porque seria exótico e porque é para lá que a minha vida está caminhando", contou. "Só não vou deixar aparecer as minhas partes mais íntimas, porque são feias como as de todo mundo", disse a atriz.Dercy, que completa 95 anos em junho, afirmou que o corpo está em forma e contou orgulhosa que não tem nem mesmo "gordurinhas". Diz que a nudez é uma maneira de ser ouvida pela sociedade e pelos idosos. "Velho não é só para morrer. Tenho quase um século, sou uma mulher cheia de energia e amada por todo o Brasil", afirmou a atriz, que tem uma filha de 66 anos, dois netos e dois bisnetos. Ela não revela o cachê.Sem também revelar o valor pago, o proprietário da revista, Oscar Maroni, de 53 anos, garantiu que foi o cachê mais alto desembolsado até agora pela revista, que está no sétimo número. Ele não descarta a possibilidade de a comediante estar na capa, "porque tudo vai depender do resultado das fotos".Segundo Maroni, sua revista não visa a apenas o nu feminino, "mas a contestação dos problemas sociais". A matéria com Dercy, afirma, "vai abordar três problemas do Brasil: os aposentados, a educação e a segurança". Na mesma edição, uma policial e uma professora também aparecerão nuas.Os fãs e amigos de Dercy estão vibrando. O cabelereiro Julinho do Carmo, que acompanhou a assinatura do contrato da atriz com a revista, lançou até um abaixo-assinado para que a comediante volte para a televisão, e já conseguiu 11 mil assinaturas. O professor e vereador Nestor Lopes, de Santa Maria Madalena, presidente do fã-clube de Dercy, disse que a cidade, onde moram alguns parentes dela, "aprova a idéia".O geriatra Clineu Almada, do Centro de Estudos do Envelhecimento da Universidade Federal de São Paulo, considerou a proposta positiva. Segundo ele, existe preconceito com a sexualidade do idoso. "É importante chamar a atenção que a sexualidade está presente nessa faixa etária, independente dos padrões estéticos. O questionamento vai ser interessante."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.