Aos 67 anos, Caetano Veloso vive 'a infância da velhice'

Antes de sua chegada a Miami, onde se apresenta na terça-feira, Caetano Veloso declarou que tem vivido a "infância da velhice". Aos 67 anos, o músico brasileiro recentemente fez uma apresentação aclamada por público e crítica na casa de espetáculos Terminal 5, em Nova York. Ao lado dos jovens da banda Cê, com Pedro Sá (guitarra), Ricardo Dias Gomes (baixo) e Marcelo Callado (bateria), Caetano recebeu elogios a seu lado mais roqueiro. Na entrevista à AFP, o cantor e compositor disse que "não pensa em ganhar ou perder espaço nos Estados Unidos, mas sim em poder fazer uma música cada vez melhor". Ele também acrescentou que vê um futuro no qual a música brasileira não dependerá tanto da americana. Caetano, que apontou na entrevista a cantora Roberta Sá como destaque no cenário nacional, declarou que espera encontrar muitos hispânicos e brasileiros que moram no show que fará no teatro Fillmore.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.