Antônio Torres recebe prêmio da ABL

O escritor Antônio Torres considera o Prêmio Machado de Assis, que recebeu hoje da Academia Brasileira de Letras (ABL), uma das muitas coisas boas que vêm lhe acontecendo nos últimos anos. Ele foi homenageado pelo conjunto de sua obra, 12 livros lançados no Brasil e traduzidos no exterior. O último deles, Meu Querido Canibal, conta de forma romanceada a vida do índio Cunhambebe, a Confederação dos Tamoios e a colonização do Rio no século 16. Em seu discurso, ele agradeceu a Machado de Assis pelo grande escritor que foi e à cidade do Rio de Janeiro por tê-lo acolhido."Finalmente o retirante chegou à cidade", brincou ele hoje, antes de ir para a Academia, onde foi saudado pelo poeta e imortal Carlos Nejar, junto com os outros premiados deste ano: Clair de Mattos (ficção por Mosaico em Branco e Preto), Manoel de Barros (literatura infantil por Exercícios de ser Criança), Dora Ferreira da Silva e Moacyr Felix (poesia) e Nelson Mello e Souza (ensaio, por Modernidade: Estratéria do Abismo).Aos 60 anos, Torres conta que saiu de Junco (hoje Sátiro Dias, no sertão baiano) para Salvador e, depois, São Paulo, onde trabalhou como jornalista e publicitário. "As redações, ruas e bares de São Paulo foram minha escola", disse ele. Antes de vir definitivamente para o Rio, ele morou também em Portugal. Começou na literatura no início dos anos 80. "O jornalismo me ensinou a ver o mundo e, a publicidade, a contá-lo de forma sucinta e atraente." Torres já tem planos para os R$ 50 mil (sem o desconto do Imposto de Renda) que vai receber. "Vou escrever outro livro com personagem histórico, desta vez sobre um corsário francês que seqüestrou a cidade do Rio de Janeiro no século 18", adiantou.Antes, vai escrever com Doc Comparato a minissérie Terra do Sol, sobre o Rio São Francisco, para a TV Globo. Será sua estréia na telinha. "É mais uma coisa boa que me têm acontecido junto com a condecoração que recebi do governo francês e as viagens em função das traduções de meus livros."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.