Antônio Carlos Secchin vence eleição da ABL

O professor e crítico literário Antônio Carlos Secchin é o novo imortal. Ele foi eleito hoje à tarde para a cadeira número 19 da Academia Brasileira de Letras, substituindo o também professor Marcos Almir Madeira. Secchin teve 25 votos e a arqueóloga Maria Beltrão, a segunda colocada, teve 12. Houve um voto em branco. Os outros quatro candidatos não foram votados.Acadêmicos que são presenças raras nas sessões de quinta-feira compareceram: o escritor João Ubaldo Ribeiro, o economista Celso Furtado, o cirurgião Ivo Pitanguy e a escritora Zélia Gattai, que veio de Salvador especialmente para a eleição, mas ainda fica alguns dias no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.