Antón Arrufat ganha prêmio Julio Cortázar

O escritor cubano Antón Arrufat, de 70 anos, ganhou o IV Prêmio Iberoamericano de Contos Julio Cortázar 2005, com El Envés de la Trama, anunciaram nesta sexta-feira os organizadores do evento.Os juízes do concurso concederam também uma primeira menção ao conto Como Elefantes Blancos Revisitados, da cubana MarilynBobes; e menções a Sin Lágrimas, da argentina Agustina María Bazterrica e De Regreso a Casa, do cubano SergioCevedo.Os jurados foram os escritores cubanos Miguel Mejides, Laidi Fernández de Juan e Rogelio Riverón, que revelaram na noite de quinta-feira sua decisão, divulgada hoje pelo Instituto Cubano do Livro por meio do jornal oficial Granma.Os prêmios serão entregues durante uma cerimônia no centro cultural Dulce María Loynaz, em Havana, em 26 de agosto, data do aniversário do escritor argentino Julio Cortázar, autor de "Bestiário", entre outras obras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.