ANOS 1950 INSPIRARAM FIGURINO

A parceria de Joe Wright com a figurinista Jacqueline Durran já se tornou uma constante. Foi ela quem assinou o figurino de Orgulho e Preconceito e criou o vestido verde de cetim de Keira em Desejo e Reparação. E foi também Jacqueline que rendeu a Anna Karenina o Oscar de melhor figurino 2013. Entre concorrentes como Branca de Neve e o Caçador e Os Miseráveis, o prêmio foi mais que merecido. Além do desfile de joias nunca antes visto no cinema (Keira usa colares de diamantes Chanel que custam em torno de R$ 4 milhões), a pesquisa da indumentária de época, com ênfase no inglês Charles Frederick Worth (viveu no século 19 e é considerado o pai da alta-costura), a inspiração em mestres da moda atual como Balenciaga, Dior e Lanvin foi decisiva.

O Estado de S.Paulo

15 de março de 2013 | 02h48

Para garantir contemporaneidade, em vez de reproduzir os vestidos de gala do século 19, Jacqueline se inspirou no estilo lady like dos anos 50. O resultado é um mix que ganha nos detalhes, dos bodies à cintura marcada, passando pelo shape godê, casquetes e assimetrias. / FLAVIA GUERRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.