Angelina Jolie pede ajuda para refugiados afegãos

A atriz e embaixadora da ONU Angelina Jolie pediu à comunidade internacional que ajude os milhões de refugiados afegãos que vivem no Paquistão. A atriz - que recebeu um Oscar por seu papel em Garota, Interrompida - passou quatro dias em um campo de refugiados e disse que é preciso "dar apoio às pessoas que sofrem nesta parte do mundo". /APA atriz em visita ao Campo de Refugiados Afegãos Kacha Ghari, em Peshawar, no PaquistãoEla disse que o Afeganistão - semi-destruído pela guerra - precisa de mais recursos para que os refugiados possam voltar para casa e reconstruir suas vidas. Alguns dos refugiados vivem no Paquistão há mais de 25 anos."Eu conheci uma mulher que estava prestes a subir a bordo de um caminhão com um bebezinho", disse ela. "Não sei como ela vai sobreviver, como vai ganhar dinheiro, garantir sua alimentação ou assistência médica. É muito, muito difícil, mas muitos refugiados estão voltando para casa."Estima-se que 2,3 milhões de afegãos tenham retornado ao país pelo esquema de repatriamento do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), desde a queda do regime Taleban, no fim de 2001. Mas, mais de três milhões permanecem em campos de refugiados e cidades do Paquistão.Angelina Jolie se tornou embaixadora do Acnur em 2001, e desde então vem visitando campos de refugiados ao redor do mundo. Nesta viagem, ela se encontrou com o primeiro-ministro do Paquistão, Shaukat Aziz, e agradeceu-o por receber três milhões de refugiados no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.