Angelina Jolie defende estilo de filha Shiloh

Nunca é fácil ser uma líder de estilo e se abrir à crítica de profissionais da moda de todo o mundo. Mas para uma criança de quatro anos pode ser especialmente difícil --a não ser que sua mãe seja Angelina Jolie.

CHRISTINE KEARNEY, REUTERS

11 de julho de 2010 | 16h50

Jolie, que está atualmente promovendo seu filme "Salt", prestes a ser lançado, defendeu as escolhas de estilo de sua filha Shiloh no fim de semana, classificando-as de "fascinantes" e dizendo que não forçaria nenhum de seus seis filhos a serem algo que eles não são.

Nos últimos meses, Shiloh, 4, tem sido fotografada usando gravatas, jaquetas, chapéus e outras peças que ganharam destaque na imprensa de celebridades por seu estilo masculino.

"Eu acho que ela (Shiloh) é fascinante, as escolhas que ela está fazendo. E eu nunca seria o tipo de mãe a forçar alguém a ser algo que ela não é", afirmou ela à Reuters no sábado.

Jolie, que cria seus filhos ao lado do parceiro Brad Pitt, disse que encorajar suas crianças a se expressarem a suas próprias maneiras era parte importante da formação.

"As crianças deveriam ser autorizadas a se expressarem de qualquer maneira que desejem, sem que ninguém as julguem, porque é uma parte importante do crescimento", afirmou.

"A sociedade sempre tem algo a aprender no que diz respeito à forma que julgamos uns aos outros, nos classificamos. Ainda temos muito o que avançar."

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEJOLIEFILHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.