Ana Paula Padrão cotada para versão do SBT de <i>Fantástico</i>

Uma tal de "transição" é conversa que tem abalado o humor do Jornalismo do SBT. Uma versão corrente na Anhangüera atesta que Ana Paula Padrão deixaria o expediente diário para comandar uma versão de Fantástico na TV de Silvio Santos, bem nas noites de domingo. A equipe montada por ela ficaria então com Carlos Nascimento ou iria para o novo programa? Eis o suspense que incomoda a equipe. Não que seja esta a vontade da âncora. Muito menos a da Redação, mas o descaso da cúpula com o SBT Brasil pode pesar nos passos a seguir. Agora no ar às 21 horas, bem diante da novela das 9 da Globo, o SBT Brasil tem enfrentado seu pior momento, com 4 pontos no Ibope em São Paulo. Ana Paula preferiria a faixa das 19 horas, quando o noticiário ao menos fazia cócegas na audiência da Record. Mas a direção do SBT alega que o SBT Brasil tem melhores condições de se pagar às 9 da noite, quando os intervalos comerciais são mais caros. Para devolver o noticiário à faixa das 19 h, Silvio quer que o produto abra mão de 30% de seu custo. Quer cortes. Diante do que se propõe, ela resiste em assumir a tarefa de sacrificar a equipe. Resignou-se ao horário das 21 horas. Ao oba-oba promovido há pouco mais de um ano, SS emendou uma série de equívocos com o jornal, não só em função da inconstância de horário, mas também do mau aproveitamento do negócio. O exemplo mais recente deu-se no primeiro pronunciamento de Lula como presidente reeleito: o SBT foi um dos três veículos da imprensa brasileira selecionados para fazer uma pergunta a Lula, tinha link pronto para entrar ao vivo, mas não se deu ao trabalho de interromper o filme O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel. Globo, Cultura, Gazeta, Band e RedeTV! mostraram ao vivo a pergunta do repórter do SBT.

Agencia Estado,

06 Novembro 2006 | 10h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.