Ana de Hollanda anuncia todo o seu secretariado

Em nota, a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, anunciou ontem os nomes de seu secretariado e a criação de uma nova secretaria, a de Economia Criativa - que será coordenada pela economista Cláudia Leitão, ex-secretária de Cultura do Ceará. Foi confirmada a nomeação do ator e produtor cultural Antonio Grassi, ex-secretário de Cultura do Rio, como presidente da Funarte. O presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, nomeado por Gilberto Gil, foi reconfirmado no cargo, assim como o do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Jr. A Secretaria do Audiovisual será agora dirigida pela advogada Ana Paula Santana. Manoel Rangel segue na Ancine. A ministra também anunciou a unificação das secretarias da Cidadania Cultura e da Identidade e Diversidade, que será agora dirigida por Marta Porto, ex-chefe do escritório da Unesco no Rio. O novo secretário de Articulação Institucional é Roberto Peixe. Sérgio Mamberti, ex-Funarte, foi para a Secretaria de Políticas Culturais. Vitor Ortiz é o secretário executivo, Emir Sader assume Fundação Casa de Rui Barbosa e Galeno Amorim a Biblioteca Nacional. Henilton Menezes permanece como secretário de Fomento e Incentivo à Cultura.

, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.