Amores e vampiros. Vem aí outra novela-clone

Um casal apaixonado em uma época distante. Uma relação atravessada por um vampiro que percorre séculos, obstinado pelo amor não correspondido da mocinha. Se Esperança, de Benedito Ruy Barbosa, parece um clone de Terra Nostra, O Beijo do Vampiro - próxima novela das 7 da Globo, de Antônio Calmon, que estréia dia 26 de agosto - parece muito com Vamp, sucesso do autor que a Globo exibiu em 91.Quem tem hoje por volta de 25 anos certamente se lembrará de Natasha (Claudia Ohana), a musa do vampiro Vlad (Ney Latorraca), que a escraviza e, em troca, transforma a mocinha em popstar, tipo Madonna. "É como se você fizesse um filme de caubói e, dez anos depois, fizesse outro", defende-se Calmon.Gravações em Portugal - Enquanto Vamp teve início na Transilvânia da Idade Média, O Beijo do Vampiro tem suas primeiras cenas gravadas na gótica Vila Nova da Barquinha, no castelo medieval de Almourol, patrimônio do exército português localizado ao norte de Lisboa.Em clima de superprodução, as gravações em Portugal seguiram ao longo da semana do dia 17 de junho e reuniu todo o elenco da primeira fase da novela: Flávia Alessandra (novamente atuando como protagonista em uma trama dirigida pelo marido, Marcos Paulo), que nestas primeiras cenas interpreta a princesa Cecília (na segunda parte ela será Lívia, "reencarnação" da mocinha), Tarcísio Meira, como o vampiro Bóris, e Thiago Lacerda, que nesta fase da novela será o Conde Rogério.Terminadas as gravações em Portugal, Flávia Alessandra e Thiago Lacerda retornaram ao Brasil. Tarcísio Meira ficou em Portugal com Glória Menezes para uns dias de férias.Agora, O Beijo já está sendo gravada na cidade cenográfica construída no Projac (estúdio da Globo, em Jacarepaguá, no Rio). O lugar fictício se chama Maramores e também possui uma arquitetura gótica.O tema central de O Beijo do Vampiro é a história de Lívia (Flávia Alessandra), viúva com três filhos que, de repente, ao se ver sem recursos com a morte prematura do marido, Beto (Thiago Lacerda), é obrigada a lutar pela sobrevivência da família. Paralelamente, ela se vê envolvida em um embate entre o Bem e o Mal, ou seja, entre o poderoso vampiro Bóris (Tarcísio Meira) e seu caçador implacável, Galileu (Luiz Gustavo).Lívia também descobrirá que seu filho mais velho, Zeca (Kayky Britto), o narrador da história, é, na realidade, filho de Bóris, e por isso terá de lutar para salvá-lo de uma maldição, mantida em segredo, mas que provavelmente o predestina a seguir o vampirismo do pai. Também estão no elenco Claudia Raia (Mina), Julia Lemmertz (Marta), Glória Menezes (Zoroastra) e Deborah Secco (Lara).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.