Amor de A a Z, Polanski e Preminger

Três Ninjas: Uma Aventura

LUIZ CARLOS MERTEN, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2012 | 03h07

Radical

15H45 NA RECORD

(3 Ninjas). EUA, 1992. Direção de Jon Turteltaub, com Victor Wong, Max Elliot Slade, Michael Treanor, Chad Power, Rand Kingsley, Alan Mcrae.

Três garotos se envolvem numa investigação do FBI sobre sequestros. O pai de um deles é suspeito. O mestre ninja do trio ajuda a elucidar o mistério. Produção modesta - e independente -, o filme foi comprado pela Disney e arrebentou na bilheteria, fazendo grande sucesso junto às plateias infantojuvenis. Reprise, colorido, 86 min.

Alaska, Uma Aventura

Inacreditável

21H15 NO SBT

(Alaska). EUA, 1996. Direção de

Fraser C. Heston, com Thora Birch, Vincent Kartheiser, Charlton Heston, Duncan Fraser.

Fraser, filho de Charlton Heston, dirige o próprio pai na história de piloto viúvo que se muda com os filhos para o Alasca e sofre um acidente com seu avião. O casal de filhos é que vai salvá-lo, ao cabo de muitas peripécias. Charlton, com longa folha corrida como herói, faz o vilão da história, na pele de um caçador inescrupuloso. Reprise, colorido, 109 min.

Doc Especial - O Tigre e o

Monge

22 H NA TV BRASIL

(The Tiger and the Monk). Áustria, 2006. Direção de Harald Pokieser.

Monges de um monastério da Indonésia levam todo dia seus tigres para passear. Mais que o exotismo, o documentário busca contrapor o clima de meditação em que vivem esses homens ao instinto selvagem dos animais. Vencedor de vários prêmios em festivais de ecologia e meio ambiente. Inédito, colorido, 51 min.

Sem Saída

23 H NO SBT

(No Way Up). EUA, 2004. Direção

de James Seale, com Grayson McCouch, Adrian Paul, Amy Locane, Dan Mundell.

Existem vários filmes com esse título, entre eles o thriller de Roger Donaldson com Kevin Costner e o de John Singleton com Taylor Lautner, o lobo de Crepúsculo. Este insiste no tema da caçada humana por meio da histórias de analista de sistemas que participa de plano para desviar dinheiro de uma organização. Ele faz sua parte, descobre que ficou preso no estacionamento e - pior - o motorista (que ele não identifica) de um furgão o persegue implacavelmente. Reprise, colorido, 105 min.

Pequeno Dicionário Amoroso

23 H NA TV BRASIL

Brasil, 1996. Direção de Sandra Werneck, com Andréa Beltrão, Daniel Dantas, Mônica Torres, Tony Ramos, José Wilker e Glória Pires.

O ABC do amor na história de casal que hesita em assumir seu relacionamento. Outro casal - de amigos - analisa os prós e contras, de A a Z. Narrativa charmosa, e episódica, somada a elenco esperto - ou a narrativa é que é esperta e o elenco, charmoso? - se combinam para fazer dessa comédia romântica um espetáculo agradável e divertido. Reprise, colorido, 91 min.

Ninja

23H20 NA GLOBO

(Ninja). EUA, 2009. Direção de Isaac Florentine, com Scott Adkins, Tsuyoshi Ihara, Mika Hijii, Todd Jensen,

Togo Igawa, Garrick Hagon.

O sábado começa com os garotos ninjas da Record e as lutas se incrementam no Supercine da Globo, em que garoto de Nova York vai estudar ninjutsu no Japão e é chamado de volta aos EUA para proteger a arca que guardas as armas de um guerreiro lendário. O roteiro é assinado por Boaz Davidson, israelense que escreveu Rambo e A Dália Negra e, como diretor, iniciou a série cult Eskimo Limon. Inédito, colorido, 86 min.

TV Paga

O Rio das Almas Perdidas

14H25 NO TELECINE CULT

(River of no Return). EUA, 1954.

Direção de Otto Preminger, com

Marilyn Monroe, Robert Mitchum,

Rory Calhoun, Tommy Rettig.

Marilyn Monroe faz cantora de saloon que se envolve com viúvo e seu filho. Em fuga, o trio enfrenta índios, um jogador traiçoeiro e as corredeiras do rio do título. Jean Tulard tem toda razão - o uso da paisagem e a intensidade dos conflitos mostram que Preminger poderia ter sido um grande diretor de westerns. Pena que esta tenha sido sua única incursão pelo gênero. Originalmente em cinemascope, é um belo programa para fãs de faroeste, que poderão ver, na sequência, no canal, Marcha de Heróis, um ótimo John Ford, com John Wayne e William Holden (às 16h05). Reprise, colorido, 91 min.

Busca Frenética

22 H NO TCM

(Frantic). EUA, 1988. Direção de

Roman Polanski, com Harrison Ford, Emmanuelle Seigner, John Mahoney, Betty Buckley, David Huddleston.

Harrison Ford faz médico norte-americano que participa de congresso em Paris. Sua mala é trocada no aeroporto e isso é só o ponto de partida para a busca frenética do título. Sua mulher é sequestrada, ele se envolve com espiões e integrantes do submundo. Há mais de 20 anos, o próprio Polanski veio ao Brasil divulgar seu thriller. O filme é benfeito, inteligente - há toda uma discussão sobre o falso e o verdadeiro, com base numa estátua da liberdade que existe na capital francesa -, mas o suspense é gélido. Do cineasta, veja também nos cinemas O Deus da Carnificina. Reprise, colorido, 120 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.