AFP
AFP

Americano Richard Ford vence o Prêmio Princesa das Astúrias das Letras 2016

Escritor de 72 anos receberá 50 mil eurios e também a reprodução de uma escultura de Miró

EFE

15 de junho de 2016 | 11h17

O escritor americano Richard Ford foi anunciado, nesta quarta-feira, 15, como o vencedor do Prêmio Princesa das Astúrias das Letras 2016, ao qual concorriam 21 candidaturas procedentes de 16 nacionalidades.

Nascido em 1944 em Jackson, no Mississipi, Ford é o único escritor que conseguiu conquistar o prêmio Pulitzer e o Faulkner pela mesma obra, O Dia da Independência (1995).

Ford é, além disso, o novo escritor americano que recebe o Prêmio Princesa das Astúrias das Letras, depois que Philip Roth em 2012.

O Astúrias, que no ano passado reconheceu o cubano Leonardo Padura, está dotado com 50 mil euros e a reprodução de uma escultura desenhada por Joan Miró.

O Prêmio das Letras, um dos oito prêmios convocados anualmente pela Fundação Princesa das Astúrias, foi concedido a autores como John Banville, Antonio Muñoz Molina, Leonard Cohen e Paul Auster.

Também foram agraciados Claudio Magris, Arthur Miller, Doris Lessing, Augusto Monterroso, Günter Grass, Carlos Fuentes, Camilo José Zela, Mario Vargas Llosa e Juan Rulfo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.