Amazon.com lança loja de e-books

A Amazon.com começou ontem a vender livros eletrônicos na Web, além do formato impresso tradicional, em parceria com a Microsoft. Os e-books são compatíveis com o formato do programa Microsoft Reader e os usuários podem fazer download dos arquivos em seus computadores pessoais ou outros dispositivos.A nova loja de e-books tem cerca de 1.000 títulos à venda, um número pequeno se comparado aos 28 milhões de itens oferecidos nas páginas da loja virtual. Representantes da Amazon, no entanto, disseram que a categoria deve crescer rapidamente. "É ótimo para os leitores saber que estamos apenas começando a explorar essa tecnologia unida ao conteúdo e o potencial é enorme", disse o gerente geral do setor de livros, Lyn Blake.A Amazon anunciou acordo com a Microsoft em agosto e a companhia de software criou uma versão personalizada de seu visualizador de e-books para a loja, que pode ser baixado gratuitamente dos sites das duas empresas. A Microsoft tem uma pequena porcentagem sobre as vendas, além de cobrar as editoras pelo uso de sua tecnologia.A Barnes and Nobles, principal concorrente da Amazon, já havia aberto uma loja de livros eletrônicos na Internet, com livros compatíveis com os formatos Rocket e Glassbook, além do Microsoft Reader. As ações da Amazon ontem estavam em alta de US$ 1,13, ou 4%, e fecharam a US$ 28,94 na Nasdaq.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.