Amazon: teste foi aleatório

A Amazon.com negou mais uma vez as notícias publicadas ontem, que acusavam a loja de usar um sistema de determinação de preços conhecido como "preço dinâmico", que se baseia em informações pessoais dos clientes para definir preços diferentes para o mesmo produto. A Amazon garantiu que os testes eram aleatórios e foram feitos para verificar como os descontos afetam as vendas. Alguns usuários descobriram, durante um fórum on-line há duas semanas, que haviam pago preços diferentes pelo mesmo aparelho de DVD, e exigiram que a empresa interrompesse os testes. Acredita-se que a Amazon coletou dados como padrões de compras e endereços de milhões de consumidores, para saber o quanto cada cliente estaria disposto a gastar e, dessa forma, definir variações nos preços.A empresa admitiu que foi um erro realizar os testes, mesmo que aleatórios. "Estamos arrependidos, pois os testes trouxeram incerteza a nossos clientes." Além disso, afirmou que não pretende repetir testes desse tipo, mas, caso faça, o site informará qual o menor preço disponível para o item em questão. Os 6.896 clientes que compraram o DVD por preços maiores durante o teste foram reembolsados. "Nós nunca fizemos nem faremos testes de preços com base no perfil do cliente", disse o fundador e CEO da Amazon.com, Jeff Bezos, ao admitir o erro da companhia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.