Amazon define preços segundo perfil do cliente

Os clientes da Amazon, maior loja virtual do mundo, ficaram furiosos ao descobrir a nova política de preços da loja, que determina o quanto cobrar de cada comprador de acordo com uma análise do seu perfil e de gastos anteriores. Alguns usuários descobriram durante um fórum de debates on-line que a empresa estava oferecendo preços diferentes para o mesmo produto.A Amazon baseia-se nos hábitos de compras dos consumidores e em dados pessoais para deduzir sua condição econômica e definir os preços. Os clientes habituais são reconhecidos por um cookie, uma espécie de "etiqueta eletrônica" colocada nos PCs, e, freqüentemente, pagam preços mais altos que o cobrado a clientes novos.A notícia foi publicada no site dvdtalk.com e na primeira página do Washington Post, apesar de a Amazon ter feito uma tentativa para consertar o dano provocado. "As variações de preços eram casuais e logo foram suspensas. Na verdade, estávamos avaliando as reações dos consumidores aos descontos oferecidos", disse o porta-voz da empresa Bill Curry.Mas especialistas em comércio eletrônico afirmam que a Amazon estava, na verdade, colocando em prática uma nova estratégia comercial conhecida como "preço dinâmico", que determina preços diversos de acordo com o perfil do comprador. "O preço dinâmico será cada vez mais usado pelos vendedores", disse o especialista em estratégias on-line Vernon Keenan. "Não é nada agradável, mas isso não quer dizer que não aconteça." Os defensores da privacidade na Internet e as associações de direitos do consumidor querem acabar com esse tipo de prática e encontraram um grande aliado nos comerciantes de lojas convencionais, irritados com os impostos especiais definidos pelo governo para o comércio eletrônico.

Agencia Estado,

27 de setembro de 2000 | 20h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.