Amancio Chiodi declara seu amor às mulheres

O fotógrafo Amancio Chiodi, para quem a figura feminina sempre foi um tema inesgotável de inspiração, inaugura amanhã a exposição Mulheres, em que declara seu amor ao tema. O assunto, para ele, não esgota-se facilmente. Por isso, Chiodi resolveu ampliar o trabalho para 1000 Mulheres. "Nesta primeira mostra, quarenta personalidades femininas são homenageadas. Mas já possuo tantas imagens e tantas idéias de novas fotos que vou continuar o trabalho por mais alguns anos", explica.Em cartaz no Pilão Artes Bar, a mostra enfoca, por exemplo, Cacilda Becker e Lina Bo Bardi. Há também mulheres desconhecidas. Chiodi conta que não faz questão de clicar somente personalidades. "Meu foco principal é a figura feminina. Não apenas as já conhecidas, mas também aquelas únicas, por vezes excluídas, mas sempre fascinantes." Para o fotógrafo, o retrato de Cacilda tem um valor especial. "Cliquei essa foto em Esperando Godot, seu último trabalho. Foi encenando essa peça que ela passou mal e acabou morrendo em seguida", relembra. Repórter fotográfico há mais de 15 anos, Chiodi também se recorda do retrato que clicou de Zélia Gattai. "Este também é especial, mas não foi incluído desta vez. Vai ficar para a próxima exposição."O trabalho de Chiodi, no entanto, não acaba com a revelação da fotografia. Depois de clicar e ampliar uma imagem, ele a manipula, cola, recorta, colore, reproduz e consegue efeitos variados. O resultado desse trabalho mostra uma clara influência da pop art . "Também sou artista plástico e essa formação se reflete nas minhas fotografias. As figuras de Andy Warhol, Mondrian e dos pintores concretistas exercem influências profundas no meu trabalho", explica. Suas criações como artista plástico também poderão ser conferidas na mostra. "Crio desde quadros e painéis até quebra-cabeças com figuras famosas que viram ímãs de geladeira, passando por tapetes", conta o fotógrafo. Para dar continuidade ao seu projeto, Chiodi planeja expor mulheres em outros locais da cidade e realizar várias mostras simultâneas.Mulheres - Diariamente. Pilão Artes Bar. Av. Professor Celestino Bourroul, 178. Bairro do Limão. Abertura amanhã, às 20 horas. Até 4/9

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.