Alta nos últimos leilões de 2011

As grandes casas de leilões Sotheby's e Christie's venderam US$ 1,7 bilhão em seus eventos dedicados à venda de obras de arte contemporânea em 2011, superando as marcas de anos anteriores. Segundo cálculos das casas, foram arrecadados US$ 1,2 bilhão em 2010 e US$ 482,3 milhões em 2009, mas o recorde mesmo ocorreu em 2007, quando Sotheby's e Christie's venderam US$ 2,4 bilhões apenas em leilões de arte contemporânea em Londres e Nova York. Entre os artistas vivos, o pintor alemão Gerhard Richter, de 79 anos, liderou os melhores preços - seu trabalho Abstraktes Bild foi adquirido por US$ 20,8 milhões. / NYT

O Estado de S.Paulo

03 de janeiro de 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.