Alsop destaca potencial da sinfônica

No fim da tarde de quarta-feira, poucos antes da Osesp subir ao palco do Royal Albert Hall, a maestrina Marin Alsop e o diretor executivo da orquestra, Marcelo Lopes, participaram de um encontro com o público no Royal College of Music. Alsop relembrou sua chegada a São Paulo - e a má impressão que a cidade então lhe causou. Com o tempo, porém, disse ter descoberto que a beleza de São Paulo não está na paisagem, mas nas pessoas. Ela definiu o Brasil como uma terra de oportunidades e elogiou o "potencial e o entusiasmo" da Osesp. / J.L.S.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.