Alphorria abre último dia de desfiles da SPFW

A coleção da grife Alphorria deu o start na programação de desfiles que encerram a maratona neste sábado. Uma das maisfamosas obras do Museu do Louvre, a Vitória de Samotrácia, serviu de inspiração para o trabalho da coordenadora de estilo EdnaThibau. Conhecida como a Deusa da Vitória pelos gregos, a escultura de mármore encontrada em 1863, no Mar Egeu, e depoisrestaurada em Paris foi reproduzida na passarela, que ainda tinha na entrada um modelo semi-nu agachado.A mulher da Alphorria é sensual e feminina. Ela está pronta para curtir uma festa glamourosa na noite de verão. Os corsets dãoo tom da coleção, com recortes diferenciados e que, por vezes, remetem à asas de pássaros e borboletas. Suas amarraçõesaparecem em tops, vestidos e cintos. A cintura aparece bem marcada e o busto valorizado com bojo estruturado. Os babadosestão em saias e blusas. Já os vestidos são um capítulo à parte. Eles ganharam formas vasadas, grandes decotes nas costas etecidos fluídos, na altura do joelho ou na versão longo. Na tabela de cores, prevalecem os clássicos branco-e-preto, tons de rosae azul claro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.