Alexandre Penezzi lança CD 'Cordas ao Vento'

Comprovado mais como um estado de espírito e um jeito brasileiro de tocar diversos estilos de música ligeira do que como gênero, o choro atinge um estágio "de êxtase" quando burilado por mãos hábeis como as do violonista Alessandro Penezzi e o clarinetista Alexandre Ribeiro. É o que se pode ver na apresentação que a dupla fará amanhã (04) no Auditório Ibirapuera, para lançar o CD Cordas ao Vento (Capucho Produções Artísticas).

AE, Agência Estado

04 de fevereiro de 2011 | 09h35

"Dois caipirões", como brinca Ribeiro, vindos do interior de São Paulo - ele de São Simão, Penezzi, de Piracicaba - os dois criaram "cumplicidade" na capital, já tinham partilhado rodas de choro e outras experiências musicais, mas foi nesse álbum que fizeram o "pacto celeste", como diz o poema que dá título ao disco, impresso no encarte.

São dez temas inéditos de Penezzi e duas recriações de raridades de dois mestres: o tango brasileiro "Famoso", de Ernesto Nazareth, e "Chorinho Triste", de João Dias Carrasqueira. Tanto no disco como no show, a dupla conta com participações dos flautistas Toninho Carrasqueira e Rodrigo y Castro, e Léo Rodrigues, que toca pandeiro junto com Castro, no choro maxixe Capitão Rodrigo, tributo ao dono da flauta.

Outros homenageados são Milton Mori ("Ainda Que Milton de Mori"), Esmeraldino Salles e Laércio de Freitas ("Não Faz Cara Feia"), Toninho Ferragutti ("Sempre Que Posso"), Paulo Moura ("A Caminho de Casa"), o pandeirista Marcelinho Galani ("Entrando pela Cana") e o pai do violonista, Walkir Penezzi (no baião "Cordas ao Vento"). "Se Chorinho Triste", é "daquelas belezas que doem na alma", a polca saltitante "Pula-Pula" é "pra fazer correr o sangue na veia".

CORDAS AO VENTO

Auditório Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Portão 2. Parque do Ibirapuera, 3629-1075. Hoje, 21h.

R$ 30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.