Alemanha terá primeiro vôo nudista em julho

Nudistas alemães poderão começar as férias do meio de ano tirando as roupas em um avião se aceitarem uma nova proposta de uma empresa de viagens. A agência de viagens OssiUrlaub.de disse que começaria a aceitar reservas a partir de sexta-feira para uma viagem nudista experimental da cidade alemã de Erfurt, no leste do país, até o popular resort báltico de Usedom. A viagem está planejada para 5 de julho e custa 499 euros (735 dólares). "É caro, eu sei", disse à Reuters o diretor administrativo, Enrico Hess, por telefone. "É porque o avião é muito pequeno. Não existe nenhuma razão real para que um vôo em que se voa nu seja mais caro do que qualquer outro." Os 55 passageiros terão de ficar vestidos até entrarem na aeronave, e colocar as roupas novamente antes de desembarcar. A equipe de bordo seguirá vestida ao longo do vôo por razões de segurança. "Eu gostaria de poder dizer que tivemos a idéia, mas ela veio de um cliente", disse Hess. "É uma lacuna incomum no mercado." O naturismo foi banido da Alemanha pelo nazismo, mas voltou após a 2a Guerra Mundial, em especial no lado oriental. "Existem hotéis naturistas onde você pode ir nu a restaurantes e lojas, por exemplo", afirmou Hess. "Eu não quero que as pessoas tenham a idéia errada. Não estamos começando um clube de swing no meio do ar ou algo desse tipo. Somos uma agência de viagens perfeitamente normal." (Reportagem de Georgina Prodhan)

REUTERS

29 Janeiro 2008 | 13h58

Mais conteúdo sobre:
ODD VOO NUDISTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.