Alemanha abre Museu Pablo Picasso

O Museu Pablo Picasso que reúne cerca de 800 litografias do pintor espanhol foi inaugurado hoje, na cidade alemã de Muenster. O centro cultural, situado em Muenster, no centro da Alemanha, será aberto ao público este fim de semana, com uma festa folclórica.Participaram hoje da cerimônia de inauguração o filho do pintor, Claude Picasso, que é o administrador-chefe da herança do pintor e Gert Huizinga, dono de mais de 700 litografias de Picasso que compõem o grosso da exposição. "Realiza-se assim um sonho de qualquer colecionador", disse Huizinga.Claude Picasso mostrou-se entusiasmado com a coleção e afirmou que é um complemento importante dos outros museus dedicados ao pintor espanhol. Acrescentou que é a primeira mostra exclusiva de litografias de Picasso, uma técnica que seu pai dominava à perfeição. Um portavoz do museu declarou que o centro pretende cooperar estreitamente com outras pinacotecas internacionais e "emprestar parte de nosso acervo em troca de obras de outros museus". O diretor do museu Markus Mueller explicou que sua casa pretende centrar-se nos três ou quatro próximos anos a mostrar as relações entre as litografias e outras técnicas na obra de Picasso. A famosa Pomba da Paz está entre as litografias mais importantes que serão mostradas ao público a partir do domingo.

Agencia Estado,

07 de setembro de 2000 | 17h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.