Alcione reúne 'tudo o que gosta' em CD e DVD

O título dos novos CD e DVD de Alcione já diz tudo. ''De Tudo Que Eu Gosto'' - cuja turnê nacional começa sexta-feira e sábado, no Citibank Hall, no Rio - tem um pouco daquilo que ela mais preza: sambas românticos, alegres e de dor-de-cotovelo, reggae do seu Maranhão, forró e muitos amigos. A cantora, que no dia 21 faz 60 anos e no ano que vem completa quatro décadas de Rio de Janeiro, convidou gente muito especial para cantar. E fez questão de regravar compositores que vem prestigiando no decorrer da longa carreira.Entre eles, está Paulinho Rezende, co-autor, com Nenéo, do grande sucesso Meu Ébano. Agora, o compositor dos versos ''Você é um negão de tirar o chapéu/não posso dar mole senão você... créu'' aparece na ótima Maria da Penha (com Evandro Lima), que fala com bom humor da lei que instituiu penas duras para homens que batem em mulheres: ''Você quer voltar pro meu mundo/mas eu já troquei minha senha/dá linha, malandro/que eu te mando a ''Maria da Penha''.''De Altay Veloso, igualmente incluído em outros discos, ela gravou duas canções, a bela Quando o Amor Bateu na Porta e 300 Anos. Da mesma forma, contemplou Chico Roque e Sombrinha - além do sobrinho Jefferson Jr., de 20 anos, que está começando a se profissionalizar. "Eu tenho minhas cartas marcadas. Não podia deixar de gravar essas músicas que me emocionam", confessa Alcione.No CD, o Maranhão está presente no reggae Guiné, Guiné, música de compositores locais. A Mangueira, cuja bandeira ornamenta a sala da casa da cantora, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, também está no disco. É cantada em Mangueira É Mãe (Serginho Meriti/Claudinho Guimarães) que a cantora divide com Marcelo Falcão.De seu primeiro disco, A Voz do Samba (1975), Alcione resgatou a doce Entre a Sola e o Salto, de Gilberto Gil, outro convidado. Com Mart''nália, a quem conhece desde criança, ela entoa Laguidibá (Nei Lopes/Magnu Sousa/Maurílio de Oliveira); o mestre das marchinhas Homero Ferreira (autor de Me Dá Um Dinheiro Aí) entrou com a sofrida Marcas do Passado, música dele. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.