Álbum clássico dos Mutantes

A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado é o 13º volume da Grande Discoteca Brasileira Estadão

, O Estado de S.Paulo

02 de janeiro de 2011 | 00h00

Depois de Tudo Azul, de Lulu Santos, relançado hoje pela Grande Discoteca Brasileira Estadão, no próximo domingo chega às bandas A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado dos Mutantes. Assim como os anteriores, o disco do décimo terceiro volume da coleção vem acompanhado de um livreto de aproximadamente 60 páginas contendo ficha técnica, informações sobre os artistas, contexto social, histórico e cultural, além de discografia relacionada.

Lançado originalmente em 1970, após todo barulho feito com Os Mutantes (1968, álbum que inaugurou a Grande Discoteca Brasileira Estadão) e Mutantes (1969, com a clássica Banho de Lua), A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado é considerado o álbum antológico do grupo formado por Rita Lee, na voz, e pelos irmãos Sérgio Dias, na guitarra, baixo e vocais, e Arnaldo Baptista, teclado, baixo e vocais.

Apesar de todo estrondo ecoado pelo trio anteriormente, pouco se esperava comercialmente do terceiro álbum de carreira da banda. Muito além de Desculpe, Baby e Hey Boy, com relativo êxito nas rádios, o tema mais associado ao grupo - até hoje - é Ando Meio Desligado, que abre e batiza o LP. A composição assinada pela trinca Rita, Sérgio e Arnaldo ("Ando meio desligado/ Que eu nem sinto meus pés no chão/ Olho e não vejo nada/ Eu só penso se você me quer") é daqueles exemplos de uma música que passe o tempo que passar não envelhece. E provou-se mais uma vez atemporal em outubro de 2010, na Fazenda Maeda, em Itu, diante de 50 mil pessoas presentes ao festival SWU, predominantemente frequentado por jovens.

Por mais que se relute, mas inegavelmente em rota contrária ao rótulo do tropicalismo e em busca de uma sonoridade mais próxima ao rock, o grupo lançou mais um disco histórico, cultuado até hoje não apenas no Brasil como no exterior.

Além de outros temas fabulosos, como Quem Tem Medo de Brincar de Amor, Ave, Lúcifer e Meu Refrigerador Não Funciona, o álbum - que traz na capa uma reprodução de uma ilustração do Inferno de Dante (trecho de A Divina Comédia, de Dante Alighieri), no jardim da casa dos irmãos Baptista - ainda reservava espaço para dois temas do "Loki" Arnaldo, Haleluia e Oh! Mulher Infiel, e a regravação de Chão de Estrelas, de Orestes Barbosa e Sílvio Caldas, e a belíssima Preciso Urgentemente Encontrar Um Amigo, da dupla Roberto e Erasmo Carlos.

A DIVINA COMÉDIA OU ANDO MEIO DESLIGADO

Os Mutantes

R$ 14,90

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.