Ai Weiwei tem breve prisão na China

VISUAIS

, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2010 | 00h00

O artista e ativista chinês Ai Weiwei ficou sob prisão domiciliar em Pequim para que não organizasse uma festa-protesto em Xangai, mas ontem foi libertado, segundo ele mesmo anunciou a seus seguidores no Twitter. Ai Weiwei é um dos mais conhecidos de seu país e participa da atual 29.ª Bienal de São Paulo com a obra monumental Circle of Animals. O artista, que vive e trabalha em Pequim, convocou, na semana passada, pessoas para um banquete de caranguejos para protestar contra a demolição do recém-inaugurado estádio olímpico Ninho de Pássaro, que ele desenhou. A festa de Xangai na qual ele faria essa ação ocorreu no domingo. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.