Agustina Bessa-Luís vence o Prêmio Camões 2004

A escritora Agustina Bessa-Luís venceu o PrémioCamões 2004, por unanimidade, conforme anunciou hoje, em Lisboa, o júri da premiação, considerando que sua obra "traduz a criação de um universo romanesco de riqueza incomparável, contribuindo para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural da língua comum". Ela vai ganhar ? 100 mil. No júri estavam Eduardo Prado Coelho, Vasco Graça Moura, Heloísa Buarque daHolanda, Zuenir Ventura e Lourenço Rosário. O ano passado o ganhador foi o romancista brasileiro Rubem Fonseca.O Prémio Camões foi instituído em 1989 pelos governos de Portugal e do Brasil e visa distinguir, anualmente, um escritor cujaobra tenha contribuído para o enriquecimento dos patrimónios cultural e literário em Português.Miguel Torga foi o primeiro laureado, em 1989, e no ano seguinte o poeta brasileiro João Cabral de Melo Neto. Na lista dos premiados estão nomes como Rachel de Queiroz (1993), Jorge Amado (1994), José Saramago (1995), Pepetela (1997) e Antonio Cândido de Mello e Souza (1998).A escolha de Agustina Bessa-Luís, escritora de 81 anos, que já publicou cerca de 50 obras, entre elas Mundo Fechado, Os Incuráveis e Sibila, foi felicitada pela comunidade intelectual de seu país e também pelo presidente da República, Jorge Sampaio, que enviou um telegrama saudando e elogiando a prosadora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.