AGRESSÃO VIRA CASO DE POLÍCIA

Era para ser apenas um link como tantos outros, no Jornal Hoje, com os detalhes do estado de saúde do ex-presidente Lula, mas acabou virando caso de polícia. Na última segunda-feira, a repórter Monalisa Perrone foi abruptamente empurrada e interrompida por dois homens quando dava início à sua fala. Corte feito, a imagem voltou para a bancada, com Evaristo Costa e Sandra Annenberg embasbacados. "Que deselegante" foi a frase dita por Sandra e que acabou virando hit na internet. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a agressão sofrida pela repórter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.