Agências mostram suas new faces na SPFW

Hoje, pouco antes de Gisele Bündchen enfeitar a passarela da Zoomp, às 19h30, no primeiro dia da São Paulo Fashion Week - edição inverno 2004, a jovem Elettra vai se revelar ao público brasileiro no desfile da Carlota Joakina, grife comandada pelo jovem Pedro Lourenço - filho de Gloria (G) Coelho e Reinaldo Lourenço. Elettra? Mas quem é Elettra, mesmo? Digamos que é uma new face com pedigree, dessas que têm o sucesso garantido pelo DNA. Elettra Ingrid Rossellini Wiedemann, 20 aninhos, é filha da atriz e ex-modelo Isabella Rossellini e neta da diva de Hollywood, Ingrid Bergman. "Eu não me pareço fisicamente com minha mãe, o que é bom, pois a cobrança é menor. Ela era uma modelo para fotos, eu sou para passarela", despista a jovem, sobre o peso de ser a terceira geração em uma família de musas. Elettra, que trancou a faculdade de Filosofia e Ciências Políticas para trabalhar, diz que nunca pensou em ser modelo. "Bruce Weber me convidou para ir a Miami e fotografar a campanha da Abercrombie & Fitch e tudo começou". Isso foi em fevereiro de 2003. Um ano depois, ela já fez os principais desfiles na Semana de Moda de Milão, em setembro, e está no Brasil para ser estrela da campanha da Arezzo - que gentilmente cedeu a moça para os desfiles da Carlota e de Reinaldo Lourenço. Contratada da IMG, Elettra avisa que não pretender ser modelo para sempre. Cinema? "Só na poltrona. Gosto de ver filmes, mas não tenho paciência para fazer a mesma cena várias vezes", diz a garota, ainda atônita com a condição de celebridade que ganhou no Brasil. Se o assédio assusta Elettra, a fama é ao que aspiram as new faces brazucas. Cada agência, como em toda temporada, faz suas apostas. A da IMG nacional, por exemplo, é Letícia Santos. Na Elite o grande destaque será Rojane, vice-colocada no concurso de jovens talentos da agência e já selecionada para 12 shows. Bárbara Berger, 18 desfiles fechados até o momento, é a menina na qual a Ford bota fé. A Mega acredita no sucesso da morenice de Carol Francesquini. Lucy Horn é o novo nome forte da Marilyn. Ah... a agência também vai trazer Naomi Campbell, que virou figurinha fácil. A top, hit nos anos 80, desfilará para Rosa Chá, Ellus, André Lima e Eduardo Suppes.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2004 | 12h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.