Agatha Christie eleita melhor romancista policial do século

Agatha Christie foi eleita a maior autora de romances policiais do século 20, pela Bouchercon World Mistery Convention 2000, em Denver, Colorado. Os livros em que o personagem principal é o detetive belga Hercule Poirot foram considerados como a melhor série de novelas do gênero de mistério. Simultaneamente sai este mês no Brasil, pela editora Record um novo título da autora inglesa. Trata-se de O Visitante Inesperado, que na realidade é uma peça de teatro adaptada para romancer por Charles Osborne.Por pouco Agatha Christie não ganhou outro prêmio de Melhor do Século. O livro O Assassinato de Roger Ackroyd foi um dos cinco finalistas no quesito Melhor Novela de Mistério do Século. Perdeu, porém, para Rebecca, de Daphne du Maurier.A convenção Bouchercon tem esse nome em homenagem a um crítico de literatura de mistério: Anthony Boucher. Nesta sua 31.ª edição, votaram fãs e escritores do gênero. Com Agatha Christie, concorreram a Melhor Escritor do Século Raymond Chandler, Dashiell Hammett, Dorothy L. Sayers e Rex Stout.Os candidatos a Melhor Série do Século foram Lord Peter Wimsey, de Sayers, Detetive Carella, de Ed MacBain, Sharon McCone, de Marcia Muller e Nero Wolfe, de Rex Stout. Os cinco romances que disputavam com Christie a alcunha de Melhor Novela do Século foram The Big Sleep, de Raymond Chandler, O Falcão Maltês, de Hammett, Gaudy Night, de Sayer e Rebecca, de Daphne Du Maurier.Agatha Christie nasceu em 1890 e morreu em 1976. Escreveu 80 romances, além de contos e 19 peças de teatro. Traduzida para 44 idiomas, suas obras já venderam 2 bilhões de cópias. Atualmente são vendidos 5 milhões de livros por ano. Seu novo livro no Brasil, O Visitante Inesperado é sobre um engenheiro, Michael Starkwedder, que ao atolar seu carro numa vala num frio fim de tarde de novembro, se depara com uma mulher que segura uma arma ao lado do cadáver do marido, se confessa culpada. O morto - o deficiente físico Robert Warwick - era um sádico de caráter irrascível, odiado por muitos. A cada página, ao se descortinarem as idiossincrasias de Warwick, fica mais difícil acreditar que ele tenha sido morto pela esposa. Satarkwedder encarna o detetive amador e começa a investigar o caso junto com um inspetor de polícia que cita autores famosos o tempo todo.O Visitante Inesperado (Record, 176 páginas, R$ 20) será lançado ainda este mês.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2000 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.